“Casaco Rosa”, a nova curta-metragem de Mónica Santos, está a ser produzida no Porto

Desde meados de julho deste ano que, num estúdio na Rua do
Zambeze, no Porto, está a ser filmada uma animação em que António Rosa Casaco,
o inspetor da PIDE que chefiou a brigada que assassinou o General Humberto
Delgado, encarna um casaco rosa.

Este universo de personagens sem rosto saídos de um
guarda-roupa está a ganhar forma na sede da produtora Animais, pela mão de Mónica
Santos, que corealizou com Alice Guimarães os filmes Amélia & Duarte(2015) e Entre Sombras (2018) – este último nomeado para os Césares, os “Óscares” do cinema francês, na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação.